Mais uma das várias adaptações cinematográficas da obra de
Charles Dickens, ‘Os Fantasmas de Scrooge’ tenta se destacar entre as outras
por ser uma animação “inovadora”. Personagens parecidos visualmente com seus
dubladores é uma das investidas do filme. Entretanto, o roteiro raso e uma
direção voltada para a ação, prejudicam demasiadamente o filme, não sobrando
nem mesmo o clima natalino, inegavelmente presente na maioria dos filmes sobre o tema.
A trama superficial, com diálogos irrelevantes durante todo
o filme, e uma mensagem final moralista dão o clima da obra. O filme é repleto de
diálogos recheados de certo e errado, no qual o tema central somente avança aos
poucos. Jim Carrey, que cuida da dublagem do personagem principal, tem aqui uma
performance extremamente exagerada. Cada diálogo é realizada aos gritos,
incomodando o espectador em vários momentos. Gary Oldman e Colin Firth estão na
trama simplesmente para colocar peso no elenco, suas participações são
medíocres. Já a direção não destoa do restante da produção. Robert Zemeckis repete fórmulas utilizadas em ‘A Lenda de Beowulf’ e ‘O Expresso Polar’,
seus dois filmes anteriores, e apela para a ação desgovernada tentando “entreter”
o espectador.
‘Os Fantasmas de Scrooge’ é uma adaptação ruim, sem um pingo
de inspiração e que, certamente, cansa seu espectador, apesar da curta duração.
Uma animação que acaba se evidenciando ruim em todos os seus desnivelamentos, deixando sobrepujado todo o charme natalino em meio a tantos equívocos.
Nota CI: 6,3 Nota IMDB: 6,8
Filmografia:
FANTASMAS de Scrooge, Os. Direção: Robert Zemeckis. 2009. 96
min. Título Original: A Christmas Carol.
LENDA de Beowulf, A. Direção: Robert Zemeckis. 2007. 115
min. Título Original: Beowulf.
EXPRESSO Polar, O. Direção: Robert Zemeckis. 2004. 100 min.
Título Original: The Polar Express.