George Lucas
insiste no erro do primeiro capítulo, nos trazendo um filme pobre em todos os
conceitos. Não temos aqui elementos que alavancaram a série nos anos 1970 e
1980. Um verdadeiro desmembramento da aura que a série Star Wars nos trazia.
‘Star Wars: Episódio II’ não serve nem mesmo como entretenimento do pior nível. Um
filme insosso do começo ao fim.

A trama, sem
pé nem cabeça, gira em torno da tentativa de assassinato contra a personagem
Padmé (Natalie Portman). E é isso. São 142 minutos de diálogos forçados. Nada
aqui flui naturalmente. O elenco não tem o mínimo do carisma habitual dos
personagens da trilogia clássica. Natalie Portman é sabotada pela sua
personagem pobre em conteúdo, Hayden Christensen não tem a menor capacidade de encabeçar um longa deste porte e Ewan
Mcgregor, apático, não consegue dar o ritmo necessário que o diretor desejava
com sua presença.
Em termos de
qualidade técnica, obtemos outro grande fiasco do filme. Seus efeitos visuais
são pobres, limitando-se a determinados cenários controlados. A estética da
trilogia clássica é completamente transformada aqui, conseguindo ser inferior
mesmo estando com 20 anos de avanços tecnológicos à sua disposição. A trilha
sonora tenta impelir no espectador emoções, algo condenável. Já sua edição é
extremamente confusa, sendo a ‘’cereja do bolo’’.
O segundo
episódio dessa trilogia mais atual do universo Star Wars é sofrível. O tédio
crescente a cada minuto de filme apenas representa no espectador a extrema
limitação que o longa possui. George Lucas é um diretor com seus erros e acertos, mas aqui ele erra a mão até no que sabe fazer. O roteiro sai do nada e
carrega o espectador durante mais de duas horas para outro ponto inexistente.

Nota CI: 5,9 Nota IMDB: 6,7

Filmografia:
STAR Wars:
Episódio II – Ataque dos Clones. Direção: George Lucas. 2002. 142 min. Título
Original: Star Wars: Episode II – Attack of the Clones.
STAR Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma. Direção: George
Lucas. 1999. 136 min. Título Original: Star Wars: Episode I – The Phantom
Menace.