Trouxemos, nesta lista, grandes filmes que foram sendo cada vez menos lembrados conforme avançamos sobre o tempo. São filmes de diretores consagradosnominados ao Oscar, comédias ímpares e obras que fazem o espectador repensar os caminhos de sua vida.

 

10º – Um Homem Fora de Série (Barry Levinson, 1984)

Um estranho homem surge do nada para marcar seu nome na história do baseball na década de 1930. ‘Um Homem Fora de Série’ é um drama sobre superação e os nuances de uma vida turbulenta em meio a um dom que age tanto para o lado positivo quanto o negativo.

 

9º – Um Convidado Bem Trapalhão (Blake Edwards, 1968)

Uma confusão com os convites de uma festa com nomes famosos de Hollywood faz com que um ator indiano atrapalhado fosse convidado. A comédia é hilária do primeiro ao último minuto, entregando uma trama cheia de exacerbações e clichês característicos do gênero, mas que funcionam de uma maneira ímpar. O filme ainda entrega uma atuação memorável do fantástico Peter Sellers.

 

8º – Ecos do Além (David Koepp, 1999)

Após ser hipnotizado em uma brincadeira familiar, um homem passa a ter visões aterradoras sobre uma jovem mulher nunca vista antes. Oriundo de uma década positiva para o gênero de suspense e terror, ‘Ecos do Além’ fez um barulho no ano de seu lançamento, mas acabou ficando sob as sombras pouco tempo depois. Um suspense repleto de reviravoltas, nutrindo um roteiro conciso, que certamente vale a pena ser visto.

 

7º – Minha Amada Imortal (Bernard Rose, 1994)

O filme passa pela vida e morte de Ludwig Van Beethoven, mostrando as exacerbações de sua vida, seu comportamento muitas vezes errático e seu impecável talento para a arte. Intenso, o filme segue uma aura de confrontações durante toda sua duração, expondo o contexto geral do personagem. ‘Minha Amada Imortal’ ainda traz uma das melhores atuações da carreira de Gary Oldman.

 

6º – O Oitavo Dia (Jaco Van Dormael, 1996)

Um relacionamento estranho entre um homem desiludido e um portador da Síndrome do Down aflora quando ambos encontram no outro os elementos necessários para preencher os vazios de suas vidas. Aqui tudo é muito fluido, mostrando um drama com pitadas cômicas necessárias à trama. Um filme sobre a amizade, o poder de superação do ser humano e de como o sentido da vida pode ser concebido de diversas formas.

 

5º – Viver e Morrer em Los Angeles (William Friedkin, 1985)

Após seu parceiro ser brutalmente assassinado poucos dias antes de se aposentar, um policial promete descobrir o paradeiro dos responsáveis por sua morte, ultrapassando todos os limites morais de sua profissão, chegando a flertar com a loucura. Frenético, ‘Viver e Morrer em Los Angeles’ é um dos melhores filmes de ação da década de 1980.

 

4º – Planeta Terror (Robert Rodriguez, 2007)

 Um estranho vírus afeta grande parte da população, transformando as pessoas em zumbis. Cabe a um grupo de pessoas que não foram afetadas lutarem por sua sobrevivência. ‘Planeta Terror’ utiliza de elementos positivos do gênero do horror, sabendo conciliar sua trama com doses grandes de comédia e ação que dão leveza ao filme.

 

3º – Hardcore – No Submundo do Sexo (Paul Schrader, 1979)

Após sua filha sumir misteriosamente, um homem extremamente conservador empreende uma jornada atrás da garota, descobrindo coisas sobre o mundo que ele gostaria deixar sob as sombras. Potente, ‘Hardcore – No Submundo do Sexo’ é um filme que transpõe toda uma inconsistência humana em meio a um mundo em constante processo de mudanças. Aqui, veremos um homem sucumbir aos desprazeres que uma vida guiada de forma ingênua pode promover.

 

2º – Uma História Real (David Lynch, 1999)

Um homem de idade resolve cruzar o país em um pequeno trator após descobrir que seu irmão está doente. Diferente de tudo que existe na filmografia de David Lynch, ‘Uma História Real’ é uma obra sobre perseverança, as exacerbações familiares, a chegada da idade e o sentido subjetivo da vida para o ser humano.

 

1º – Depois de Horas (Martin Scorsese, 1985)

Após conhecer uma atraente mulher em uma lanchonete e ser convidado por esta para sua casa, um homem se vê inserido em um verdadeiro calvário após ser constantemente assediado pela figura do acaso. Dirigida por Martin Scorsese, a obra acaba sendo pouco lembrada por fãs do diretor, ficando meio escondida em sua enorme filmografia. No entanto, ‘Depois de Horas’ merece uma atenção especial. Uma das comédias mais impactantes da década de 1980, mostrando um personagem vivendo uma noite infernal e extremamente divertida.