Trouxemos o terror na década de 1990 como tema para esta lista. Década bastante prolífica para o gênero, os anos 1990 acabaram, em sua segunda metade, proporcionando novos rumos para um gênero que havia perdido o apelo popular da década anterior, com o final de sagas como ‘Sexta-Feira 13’, ‘Halloween’ e ‘A Hora do Pesadelo’. Filmes como, por exemplo, ‘Pânico’, ‘Lenda Urbana’ e ‘A Bruxa de Blair’ conseguiram atrair novos públicos e dar um novo ritmo para o terror. Os filmes abaixo tentam representar o que há de melhor da década sobre o gênero, onde estão inclusos diversos subgêneros, como temáticas sobre fantasmasassassinos, “snuff movies”, lendas e mitos e, até mesmo, transtornos psicológicos. Vamos à lista!

 

10º – Ecos do Além (David Koepp, 1999)

Após ser hipnotizado em uma brincadeira familiar, um homem passa a ter estranhas visões com a figura de uma jovem morta. Dinâmico, ‘Ecos do Além’ consegue captar a atenção do espectador com seus desnivelamentos interessantes e ainda entrega um final surpreendente.

 

9º – O Chamado (Hideo Nakata, 1998)

Uma lenda local eclode sobre uma fita VHS amaldiçoada que mata seus espectadores sete dias depois. Cabe a uma repórter curiosa investigar os meandros da lenda. O filme japonês vai se utilizar bastante dos populares “jump scares” para reger sua trama, surpreendendo a quem assiste a cada cena.

 

8º – Stigmata (Rupert Wainwright, 1999)

Quando uma jovem passa a sofrer com lesões estranhas em seu corpo que acontecem do nada, a moça vai procurar respostas nas fontes mais improváveis para tentar saber o que está acontecendo. Apesar de seu roteiro exagerado, ‘Stigmata’ ainda consegue apresentar construções de cenas que atraem a atenção do espectador, se valendo bastante dos clichês do gênero.

 

7º – Morte ao Vivo (Alejandro Amenábar, 1996)

Após ficar sabendo de uma suposta fita de vídeo contendo um conteúdo “snuff” em sua faculdade, enquanto faz uma pesquisa sobre violência, uma aluna decide investigar o caso, somente para descobrir coisas que, talvez, ela devesse não ter mexido. ‘Morte ao Vivo’, na verdade, se enquadra mais para o gênero de suspense, com desnivelamentos em sua trama sempre pautados pelo mistério e o senso investigativo, mas alguns de seus caminhos escolhidos pelo roteiro e direção na reta final nos fazem incluir o filme nesta lista de terror.

 

6º – Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado (Jim Gillespie, 1997)

Após um trágico acidente que vitimara uma pessoa, alguns adolescentes decidem esconder a história e fazerem um pacto de silêncio sobre o caso. A trama ganha força quando, um ano após o acidente, os adolescentes começam a receber mensagens sobre o caso e terem suas vidas ameaçadas. ‘Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado’, junto com ‘Lenda Urbana’ e ‘Pânico’, é um filme que capta exatamente o “zeitgeist” de horror dos anos 1990, servindo para fazer eclodir novos rumos para o gênero que perduram até hoje.

 

5º – A Bruxa de Blair (Daniel Myrick, 1999)

Três estudantes decidem fazer um documentário acerca de uma floresta mal-assombrada e verificar uma lenda sobre a bruxa que ali reside. Conforme os estudantes avançam sobre a floresta, estranhos acontecimentos começam a eclodir, fazendo-os entrarem em um jogo mental por suas sobrevivências. Precursor de uma nova forma de se fazer horror, com o agora popular “found footage”, ‘A Bruxa de Blair’ acaba, de fato, se fazendo um bom filme e uma ótima experiência dentro do gênero, mesmo que algumas coisas tenham um ar defasado atualmente.

 

4º – A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (Tim Burton, 1999)

Seguindo os assassinatos e decapitações de três integrantes de um pequeno vilarejo, tudo apontado como obra de um cavaleiro sem cabeça, um homem decide sair de sua cidade movimentada para investigar o caso e a respectiva lenda. Dirigido por Tim Burton, o filme apresenta todos os elementos comuns ao cinema do cineasta, desenvolvendo uma trama extremamente atraente e desnivelamentos que escapam ao senso do real.

 

3º – Pânico (Wes Craven, 1996)

Pouco tempo após a morte de sua mãe, uma jovem e seus amigos passam a ser perseguidos por um estranho assassino mascarado. Dirigido por Wes Craven, um dos maiores expoentes do cinema de horror, ‘Pânico’ é o filme de maior popularidade do gênero da década de 1990, responsável pela eclosão de uma nova forma de se fazer terror, conseguindo reinventar clichês célebres.

 

2º – O Mistério de Candyman (Bernard Rose, 1992)

Uma jovem repórter decide investigar uma lenda antiga sobre um assassino, apelidado de Candyman, que costuma atuar pelo bairro carente de Cabrini Green com um gancho no lugar de uma das mãos. ‘O Mistério de Candyman’ é um filme irretocável, utilizando sua atmosfera extremamente aprazível e misteriosa para “sugar” a atenção do espectador para os desnivelamentos da obra. Leia Nossa Crítica do Filme!

 

1º – Alucinações do Passado (Adrian Lyne, 1990)

Um veterano do Vietnã passa a ter sua realidade suprimida, onde fragmentos de alucinações diversas tomam conta de seu dia a dia. Assim como o 2º colocado desta lista, ‘Alucinações do Passado’ apresenta todo o seu brilho na parte atmosférica do filme, evidenciando um ambiente frio, quase inóspito, onde nem mesmo o espectador consegue diferenciar realidade de alucinação.