Neste Top10, trouxemos dez grandes filmes de ação que elevam a qualidade do gênero. Os filmes abaixo trabalham com o que há de melhor dentro do gênero de ação. Alguns são responsáveis pela criação de clichês eternizados após seu lançamento, enquanto outros se caracterizam por seu poder de construir algo único. Vamos à lista!

 

10º – Máquina Mortífera (Richard Donner, 1987)

Um policial veterano, prestes a se aposentar, tem que aceitar fazer uma dupla improvável com um outro companheiro de profissão, um homem jovem com um comportamento suicida. O filme se concentrará nas diversas aventuras que os dois passarão nos casos que são incumbidos de investigar. Obra memorável da década de 1980, ‘Máquina Mortífera’ acaba juntando ação e comédia, propiciando ao espectador um filme divertido e sempre dinâmico.

 

9º – O Ultimato Bourne (Paul Greengrass, 2007)

Concluindo a trilogia inicial da saga de Jason Bourne, ‘O Ultimato Bourne’ consegue ser frenético do primeiro ao último minuto, nutrindo-se sempre de cenas de ação bem construídas, uma trilha sonora ativa, edição bastante presente e atuações consistentes. Ótimo filme e, sem dúvidas, o melhor de toda a saga.

 

8º – Viver e Morrer em Los Angeles (William Friedkin, 1985)

Após seu parceiro ser assassinado alguns dias antes de se aposentar na investigação de um caso, um policial irá quebrar qualquer regra na tentativa de capturar os responsáveis. ‘Viver e Morrer em Los Angeles’ quebra com qualquer padrão do gênero, entregando ao espectador um filme que surpreende a cada cena, sempre com desnivelamentos inesperados em sua trama. Pérola esquecida dos anos 1980 que, certamente, merecia um maior reconhecimento. Leia Nossa Crítica do Filme!

 

7º – 007 Contra Goldfinger (Guy Hamilton, 1964)

No melhor filme já feito do icônico personagem de James Bond, ‘007 Contra Goldfinger’ consegue construir uma trama concisa, evidenciando um emaranhado de romances, traições e, claro, muita ação. Uma obra impecável, ausente dos exageros tradicionais dos filmes do espião na década, entregando ainda uma atuação soberba de Sean Connery à frente do personagem.

 

6º – Rambo – Programado Para Matar (Ted Kotcheff, 1982)

Um veterano de guerra perturbado acaba trazendo um completo estado de caos a uma pequena cidade após ter sido molestado por um policial arrogante. Apesar de se concentrar no gênero de ação, o filme ainda consegue caminhar sutilmente pelo campo do suspense, entregando uma obra densa e sem concessões sobre um personagem destruído pela estupidez humana. ‘Rambo – Programado Para Matar’ é o melhor filme de toda a saga, conseguindo, diferente dos demais, trazer ao espectador uma trama séria.

 

5º – O Fugitivo (Andrew Davis, 1993)

Falsamente acusado de ter matado sua esposa, Richard Kimble é alvo de uma caçada nacional, tendo que, enquanto tenta escapar das autoridades, encontrar o verdadeiro responsável pelo assassinato. Tendo uma duração de 130 minutos, ‘O Fugitivo’ emana uma atmosfera movimentada desde o começo. Direção impecável, roteiro sóbrio, trilha sonora acurada, edição bastante presente e atuações irretocáveis elevam este filme ao posto de um dos melhores já concebidos no gênero de ação.

 

4º – Batman – O Cavaleiro dos Trevas (Christopher Nolan, 2008)

O Coringa está em Gotham aterrorizando a cidade com roubos e afins. Cabe ao Batman livrar a cidade do vilão, enquanto inúmeros outros contratempos e rivais surgem no caminho. ‘Batman – O Cavaleiro das Trevas’ é um filme sem igual no subgênero de super-heróis. Um filme impecável que transcende o limitado campo tradicional de desenvolvimento do subgênero, conseguindo trazer ao espectador uma trama concisa com resoluções sempre acertadas.

 

3º – Mad Max – Estrada da Fúria (George Miller, 2015)

Uma imperatriz de um lugar regido por um tirano impiedoso resolve fugir do local com alguns dos bens mais importantes, iniciando uma caçada frenética atrás de sua cabeça. Obra-prima instantânea, ‘Mad Max – Estrada da Fúria’ pouco necessita de um roteiro para guiar os seus 120 minutos de duração, tudo aqui é elevado pela espetáculo gráfico que o filme emana em cada cena. Tudo no filme é fantástico, conseguindo alcançar o feito de se tornar o melhor filme de toda a grandiosa saga.

 

2º – Duro de Matar (John McTiernan, 1988)

Alocado no natal, o filme segue o sequestro de um prédio empresarial por um “grupo terrorista” que, na verdade, pretende realizar um grande roubo. Os planos dos criminosos começam a sucumbir quando percebem que John McClane, um policial de folga, está preso no local e decidido a atrapalhá-los o máximo possível. Marco do gênero de ação, ‘Duro de Matar’ é responsável pelo surgimento de vários clichês do gênero. Vale destaque também para o personagem de Hans Gruber, interpretado magistralmente por Alan Rickman, um dos maiores e mais divertidos vilões do cinema. Leia Nossa Crítica do Filme!

 

1º – O Exterminador do Futuro 2 – O Julgamento Final (James Cameron, 1991)

O filme continua a história do primeiro, apresentando agora um ciborgue, idêntico ao que tentara matar Sarah Connor anteriormente, que trabalhará por manter vivo o jovem John Connor dos ataques de T-1000, um ciborgue mais evoluído, procurando preservar a humanidade do ataque de robôs. Melhor filme do gênero de ação e da carreira do ótimo diretor James Cameron.