Top10: Dez Filmes Que Questionam o Modelo de Vida Tradicional

 

7º – Capitão Fantástico (Matt Ross, 2016)

A trama de ‘Capitão fantástico’ aborda a processo de luto de uma família que, acostumada a viver sem um contato ativo com outros seres humanos ou a uma sociedade, é obrigada a se inserir em um mundo diferente ao que estão acostumados. O roteiro aqui é complexo. Temos um protagonista que aos poucos vai sendo sugado pelos seus próprios ideais morais rígidos. Sua vida vai se degenerando gradualmente, levando toda sua família com ele. Sua personalidade autodestrutiva acaba por, assim no personagem de David Thewlis em Nu(1993), destruir a vida de todos que o cercam.

Fugindo do Tradicional: Os personagens embutidos no filme se fizeram pessoas alheios ao modelo tradicional, formando eles mesmos suas normas e regras próprias.

 

6º – A Febre do Rato (Cláudio Assis, 2011)

O filme traz a história de Zizo, um poeta libertário e anarquista da cidade de Recife. Zizo vive uma vida regrada a muito sexo e álcool, onde a colocação de limites vai contra tudo aquilo que ele acredita. O homem comanda um pequeno jornal independente e volta e meia sai às ruas da cidade para pregar seus ideais à sociedade. A vida desprendida de valores e regras morais não é uma exclusividade de Zizo, seus amigos partilham a ideia e vivem tais como, no entanto, sem a mesma intensidade do poeta.

Fugindo do Tradicional: Criando um convívio de libertinagem entre indivíduos, os personagens do filme desprezam qualquer tipo do conservadorismo presente na cidade em que residem.

 

5º – Paradise Love (Ulrich Seidl, 2012)

O filme conta a história de uma mulher, depois de seus 50 anos, que decide deixar seu país (Áustria) e fazer uma viagem por um país do continente africano. No decorrer do filme, vamos sendo apresentados ao real motivo daquela viagem e ao quão triste e decadente a vida daquela mulher se revela.

Fugindo do Tradicional: Isolada pela sociedade, a protagonista tenta de todas as formas saciar seus impulsos sexuais, destruindo qualquer tipo de arquétipo comum a sua idade.

 

4º – Relax (Albert Brooks, 1985)

A história trazida aqui é a de David e Linda Howard. Um casal com uma vida ganha, com ambos trabalhando em ótimos empregos, envoltos em uma rotina inexorável que traz segurança a eles. David Howard, após oito anos de dedicação a empresa em que trabalha, está ansioso por uma promoção que lhe fora prometida. Quando David fica sabendo que não terá a vaga e ainda teria que mudar para outra cidade, o homem tem um surto, insulta seu chefe e acaba demitido. A trama central do filme toma forma quando, acusado periodicamente por sua esposa de ser um homem extremamente precavido, David decide se desfazer de todos seus bens, comprar um trailer e viver o resto de sua vida com a esposa viajando pela América.

Fugindo do Tradicional: Insatisfeitos com a forma que a sociedade lhes trata, os personagens do filme quebram os padrões e se arriscam em algo completamente desconhecido para eles. Infelizmente alguns danos causados pela sociedade são irreversíveis, e temos na figura dos dois um exemplo claro disto.

Continua na Próxima Página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *