Top10: Dez Filmes Que Questionam o Modelo de Vida Tradicional

 

3º – Um Assunto de Mulheres (Claude Chabrol, 1988)

O filme vai trazer a vida de Marie, uma mulher atraente, com dois filhos pequenos, um marido ausente e nenhum dinheiro no bolso. Morando em um pequeno apartamento, Marie tenta de todas as formas sobreviver. Sim, sobreviver. A luta diária é para conseguir determinada quantia em dinheiro para poder propiciar uma alimentação, mínima para passar o dia, para ela e seus filhos. Sua vida é permeada de sonhos, de uma inocência perversa e uma limitação intelectual que a atrapalha em seu cotidiano. O filme se passa durante a segunda guerra mundial, na França ocupada pelos nazistas.

Fugindo do Tradicional: Rejeitada pelo meio em que vive, mesmo que seja de uma forma inconsciente, a personagem de Huppert procura saciar sua sede por poder da forma que lhe é mais possível.

 

2º – A Criada (Chan-wook Park, 2016)

A trama contada aqui gira em torno da vida em determinada casa, na década de 1930. Nesta casa vivem Lady Hideko e seu tio Kouzuki. Quando a antiga criada da casa é demitida, cabe a inocente Sook-Hee se aventurar pelo aparente árduo trabalho que se apresenta diante dela. Teremos ainda a presença do charmoso Conde Fujiwara que surge como um pretendente ao amor da jovem Lady. A aura emanada da casa é sombria, não se sabe exatamente o que acontece naquele interior. E é inserido neste ambiente que teremos a eclosão de um verdadeiro jogo de gato e rato, onde as máscaras vão lentamente se desfazendo, revelando as pessoas perversas que encontram-se no ambiente.

Fugindo do Tradicional: Veremos na casa em que a trama se passa um ambiente completamente deturpado ao que o mundo lá fora permite, onde as perversões sexuais ganham contornos inconcebíveis aos olhos de um indivíduo comum.

 

1º – A Balada de Narayama (Shôhei Imamura, 1983)

Contendo uma história bizarra, ‘A Balada de Narayama’ é um filme que explora as diferentes trajetórias que uma sociedade pode tomar, e o quão estranho seus costumes e normas morais podem soar para aqueles que não estão inseridos ali. Uma viagem pela composição do ser humano e as normas e implicações que a vida em sociedade nos obriga a seguir.

Fugindo do Tradicional: Extremo é a palavra que melhor define a forma como esse vilarejo é concebido. O filme questiona a definição da palavra ‘normal’ de uma forma poucas vezes vista no cinema.

Qual Filme Você Incluiria Nesta Lista? Comente Abaixo! 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *