Top10: Dez Diretores de Países Nórdicos Que Você Precisa Conhecer

Neste top10, indicaremos dez diretores de países nórdicos que você precisa conhecer. São diretores que tiveram suas obras alastradas por todo o mundo, sempre prezando por uma qualidade ímpar. Os diretores abordados aqui possuem diversas temáticas em suas respectivas filmografias. Alguns vão abordar temas como o lado estranho do ser humano, outros procurarão sempre focar nos aspectos ruins do homem em meio ao mundo. Vale ressaltar que esta lista contém apenas diretores ainda vivos. É importante também expor que a região nórdica compreende os seguintes países:  Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia. Aqui vai a lista!

 

10º – Bille August – Dinamarca

A carreira de Bille August teve seu período de maior crescimento na década de 1980, com obras reconhecidas mundialmente. Porém, foi na década seguinte que o cineasta pôde alçar voos maiores, adentrando inclusive no cinema norte-americano. August possui facilidade para caminhar sobre diversos temas, não ficando preso a um aspecto ou conceito.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – Pelle, o Conquistador(1987)

           – A Casa dos Espíritos(1993)

           – Os Miseráveis(1998)

 

9º – Lukas Moodysson – Suécia

Lukas Moodysson traz consigo um estilo bem peculiar na concepção de seus filmes. Veremos sempre temas complexos abordados de uma maneira suave. Moodysson consegue mesclar muito bem o drama com a comédia. Vida em família, adolescência e sexualidade são apenas algumas das temáticas inseridas em seus filmes. Toda a filmografia deste diretor é fantástica, mas abaixo estão três filmes que, sem dúvida, merecem um olhar mais atento.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – Bem-Vindos(2000)

           – Para Sempre Lilya(2002)

           – Nós Somos as Melhores(2013)

 

8º – Lars Von Trier – Dinamarca

Lars Von Trier possui um talento inquestionável para fazer filmes. Porém, o dinamarquês acaba muitas vezes se notabilizando por seu estilo polêmico e seus discursos únicos. Sua filmografia contém altos e baixos, mas seus trabalhos de destaque são obras verdadeiramente fantásticas. Apesar de adentrar também em conceitos filosóficos, os temas que mais aparecem em seus filmes são a respeito do lado “podre” do ser humano.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – Ondas do Destino(1996)

           – Dogville(2003)

           – Anticristo(2009)

 

7º – Joachim Trier – Noruega

Ainda em estágio de crescimento no cenário mundial, Joachim Trier possui poucos filmes em sua filmografia, mas todos com uma qualidade ótima. O diretor procura sempre utilizar em seus filmes a sensibilidade que permeia a vida daqueles personagens abordados. Abaixo estão os três filmes que compõem sua filmografia.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – Começar de Novo(2006)

           – Oslo, 31 de Agosto(2011)

           – Mais Forte Que Bombas(2015) Confira Nossa Crítica Sobre o Filme

 

6º – Nicolas Winding Refn – Dinamarca

Nicolas Winding Refn se notabiliza pelo estilo extremo de seus filmes. O diretor coloca sempre em seus filmes um alto grau de violência gráfica, sempre prezando pelo lado criminal da sociedade. Abaixo estão obras irretocáveis do diretor.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – Pusher II(2004)

           – Bronson(2008)

           – Drive(2011)

 

5º – Lasse Hallstrom – Suécia

Lasse Hallstrom começou sua carreira cedo, no início da década de 1970, mas seu ápice ocorreu após 1985. Hallstrom não fica restrito em determinados temas, sua filmografia é bem heterogênea. São vários assuntos abordados. Após 2006, infelizmente, a carreira do sueco entrou em um emaranhado de filmes ruins feitos unicamente para angariar dinheiro para os estúdios. No entanto, abaixo estão obras notáveis na carreira de Hallstrom.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – Minha Vida de Cachorro(1985)

           – Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador(1993)

           – Chegadas e Partidas(2001)

 

4º – Roy Andersson – Suécia

É difícil falar sobre os filmes de Roy Andersson, sua filmografia é curta e com um grande tempo entre a primeira parte de sua carreira, em 1970, e a atual, depois de 2000. Seus filmes utilizam sempre de uma tom um tanto quanto surrealista, presos sempre na figura do cotidiano, para encantar o espectador. Abaixo estão três filmes que compõem uma trilogia do diretor.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – Canções do Segundo Andar(2000)

           – Vocês, os Vivos(2007)

           – Um Pombo Pousou num Galho Refletindo Sobre a Existência(2014)

 

 3º – Susanne Bier – Dinamarca

Susanne Bier é talvez a melhor diretora da atualidade. Seus filmes seguem questões sociais relevantes para a época, junto com os conflitos psicológicos emanados de determinados personagens. Bier também se notabiliza por sempre conseguir tirar o máximo de seus atores.

– Filmes Para Conhecer a Diretora:

          

           – Corações Livres(2002)

           – Depois do Casamento(2006)

           – Em um Mundo Melhor(2010)

 

2º – Thomas Vinterberg – Dinamarca

Thomas Vinterberg é o melhor diretor dinamarquês da atualidade. Seus filmes procuram sempre abordar um lado de difícil trato do ser humano. Veremos sempre o diretor caminhar sobre o âmbito social, explorando famílias em ruínas, traumas de infância insuperáveis e a exacerbação em uma sociedade moderna que destrói tudo aquilo que é diferente. Seu filmes são fortes, intensos e sem nenhum tipo de concessão. Vinterberg despreza a questão do choque gráfico ao espectador, ele consegue assustar pela densidade psicológica dos temas abordados. Abaixo estão os três trabalhos mais impactantes do diretor e, facilmente, os melhores filmes das últimas duas décadas do já sensacional cinema dinamarquês.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – Festa de Família(1998)

           – Submarino(2010)

           – A Caça(2012)

 

1º – Aki Kaurismaki – Finlândia

Aki Kaurismaki é um cineasta peculiar. Seus filmes adentram à vida de indivíduos tidos como uma espécie de escória social, estranhos demais para penetrar ao conceito de uma sociedade normal. Seu cinema é dedicada em destrinchar todos os âmbitos que regem essas pessoas. Sua filmografia é enorme e jamais altera sua temática principal citada acima. É difícil escolher apenas três filmes para indicar de um diretor que possui tantas obras de qualidade, mas abaixo vão algumas sugestões.

– Filmes Para Conhecer o Diretor:

          

           – A Mocinha da Fábrica de Fósforos(1990)

           – Contratei um Matador Profissional(1990) Confira Nossa Crítica Sobre o Filme

           – O Homem Sem Passado(2002)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *