Top10: Dez Filmes Que Retratam o Conceito de Obsessão no Cinema

 

3º – A Ponte do Rio Kwai (David Lean, 1957)

Um coronel inglês comanda a operação para a construção de uma ponte para trens depois que é capturado pelos japoneses durante a 2ª Guerra Mundial. O filme mostra como o coronel tem em sua essência um valor de moralidade muito forte, se entregando completamente a sua tarefa, mesmo após esta, após determinado período da trama, ser completamente inviável e estar condenada por seus compatriotas.

 

2º – Fitzcarraldo (Werner Herzog, 1982)

O filme conta a história de um homem completamente obcecado pela ideia de construir uma ópera no meio da selva, vindo a enfrentar os mais diversos percalços para tentar consumar seu maior sonho. Tendo quase três horas de duração, a obra é um passeio pelo construto psicológico de um personagem que flerta com a loucura em diversas momentos do longa, ignorando conceitos morais e éticos para chegar a seu objetivo.

 

1º – Amador (Krzysztof Kieslowski, 1979)

Um homem adquire uma câmera quando seu filho nasce, expondo a desculpa de poder registrar todos os avanços da vida da criança. No entanto, quando vai adquirindo um maior conhecimento com o instrumento, o homem acaba ficando obcecado pela ideia de sempre capturar as melhores imagens e cenas, mostrando a apreensão de um novo dom. ‘Amador’ é um filme sobre a vida e seus pontos mais significantes. Obra-prima do polonês Krzysztof Kieslowski.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *