Top10: Dez Filmes Que Confundem o Seu Espectador

 

3º – Ilha do Medo (Martin Scorsese, 2010)

Alocado na década de 1950, o filme traz a história de um agente federal que embarca em uma viagem até uma instituição psiquiátrica isolada para investigar o desaparecimento de uma assassino que era paciente do local. Elevando uma atmosfera de mistério a cada caminho da trama, ‘Ilha do Medo’ fica mais difícil de compreender a cada cena, recompensando, entretanto, o espectador em seu fragmento final.

Leia Também Nossa Lista com 10 Filmes Sobre a Busca Social Pela Felicidade!

2º – Solaris (Andrei Tarkovsky, 1972)

Um psicólogo é enviado a uma estação espacial para investigar as motivações do porquê os tripulantes do local tinham enlouquecido. Outro integrante da filmografia do russo Andrei Tarkovsky nesta lista, ‘Solaris’ se utiliza de poucos ambientes para reger sua trama, tentando colocar o espectador para vivenciar, junto com os personagens, toda a aura pouco aprazível e perigosa que rege aquela história.

 

1º – Cidade dos Sonhos (David Lynch, 2001)

Após um acidente de carro, uma mulher se encontra perdida e sofrendo de amnésia, juntando-se com uma aspirante a atriz na tentativa de descobrir mais sobre si mesma. Pertencente ao estranho cinema de David Lynch, este filme é impossível de ser compreendido subjetivamente em sua primeira exposição ao espectador, possuindo uma trama onírica e não aderindo a uma linha temporal tradicional.

Qual Filme Você Incluiria Nesta Lista? Comente Abaixo! 🙂