50 Filmes Para Assistir Agora Mesmo Que Curam Corações Partidos

20º – Embriagado de Amor (Paul Thomas Anderson, 2002)Um homem desajustado acaba conhecendo, por mera figura do acaso, uma mulher tão diferente quanto ele, iniciando um romance que alterará a vida de ambos para melhor. ‘Embriagado de Amor’ é um filme que caminha sobre um lado mais incomum do romance, expondo personagens atormentados por um cerco social danoso que encontram segurança nas instâncias mais improváveis do mundo.

 

19º – Carol (Todd Haynes, 2015)Em meio à década de 1950, uma mulher casada se vê apaixonada por uma jovem aspirante a fotógrafa. A trama ganha sua substância ao explorar as consequências dessa paixão nas vidas das duas, com os arcos familiares e sociais destrutivos sendo estudados. ‘Carol’ é um filme esteticamente impecável, com uma direção incrível, uma cinematografia estonteante e uma trilha sonora envolvente, trazendo questionamentos antigos sobre a influência nem sempre positiva que o compêndio social tem sobre uma pessoa.

 

18º – Buffalo 66 (Vincent Gallo, 1998)Na trama, um homem desajustado decide sequestrar uma mulher para apresentá-la como sua namorada aos seus pais, resultando em uma série de conflitos aos dois. ‘Buffalo 66’ é uma comédia diferente, trabalhando com um humor mais sutil, sempre com situações rústicas. Aqui, ainda temos as boas atuações de Vincent Gallo (que também faz o roteiro e dirige o filme) e Christina Ricci engrandecendo as cenas.

 

17º – Água Para Elefantes (Francis Lawrence, 2011)Alocado na década de 1930, o filme conta a história de um jovem estudante que decide pegar carona em uma caravana de circo, vindo a se apaixonar pela esposa do dono do lugar. ‘Água Para Elefantes’ apresenta uma história de romance simples, explorando de maneira básica os meandros que compreendem esse gênero.

 

16º – A Teoria de Tudo (James Marsh, 2014)Exploraremos os momentos mais importantes da vida de Stephen Hawking, entendendo um pouco sobre sua forma de lidar com as limitações impostas pelo mundo, assim como veremos toda a sua genialidade. Biográfico, ‘A Teoria de Tudo’ foge daquela casta mais habitual do subgênero, trazendo uma história cheia de dinamicidade e com planos irretocáveis, possuindo como principal característica a transposição de um romance da vida de seu personagem central.

Continua na Próxima Página