Top10: Dez Filmes Menosprezados Que São Verdadeiras Obras-Primas

3º – O Grande Gatsby (Baz Luhrmann, 2013)O filme conta a história de um homem rico e sua vida turbulenta e diferente. ‘O Grande Gatsby’ é um bom filme, trazendo um elenco produtivo, um roteiro conciso (adaptado do romance de F. Scott Fitzgerald) e uma direção regular.

 

2º – Cabo do Medo (Martin Scorsese, 1991)Recentemente solto da prisão, um homem busca vingança contra o advogado responsável por sua prisão, atormentando a família do indivíduo em um jogo perverso. Pérola do cinema de Martin Scorsese, ‘Cabo do Medo’ é um remake de uma obra da década de 1960 (baseado em um romance de John D. MacDonald), conseguindo, no entanto, ser ainda melhor que o original. Toda a carga de suspense que Scorsese preza por construir ao trazer cada meandro da trama consegue deixar o espectador tenso a cada fragmento ultrapassado. Um filme que ainda conta com atuações fabulosas dos atores Robert De Niro e Nick Nolte.

 

1º – Quando Chega a Escuridão (Kathryn Bigelow, 1987)O filme segue as nuances de um grupo de vampiros em uma pequena cidade, destrinchando o cotidiano exacerbado daqueles seres. Diferente da grande maioria das opções do gênero, o filme se utiliza de uma trama diferente, um tanto quanto despretensiosa, dando um olhar empático ao que tradicionalmente é desprezado.

One Comment on “Top10: Dez Filmes Menosprezados Que São Verdadeiras Obras-Primas”

  1. Beleza de indicações. Vou divulgar com o pessoal mais jovem. Sou da geração que amou o neo realismo italiano. Agora, tenho mais indicações p filhos, sobrinhos e estagiários. Muito obrigada. Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *