Top10: Dez Filmes Sobre Liberdade de Espírito Fabulosos

7º – Beleza Americana (Sam Mendes, 1999)Um homem de meia-idade, envolto em uma rotina familiar e profissional nada gratificante, decide romper com os vínculos erráticos de sua vida, dando origem a um novo e único modelo de se comportar. Dirigido por Sam Mendes, ‘Beleza Americana’ destrincha o interior podre de algumas famílias de classe média da sociedade norte-americana, expondo toda a natureza claudicante que compreende seus integrantes.

 

6º – O Povo Contra Larry Flint (Milos Forman, 1996)A trama, concentrada na década de 1970, explora vários períodos da vida de um dono de uma polêmica revista adulta, trazendo seu modelo único de lidar com o âmbito social, além investigar sua turbulenta vida com a mulher que ama. ‘O Povo Contra Larry Flint’ tem uma popularidade entre os cinéfilos muito menor do que deveria. Tudo aqui funciona. Roteiro, direção de Milos Forman, temática e as atuações irretocáveis de Woody Harrelson e Courteney Love tornam este filme uma verdadeira obra-prima da segunda metade da década de 1990.

 

5º – Micróbio & Gasolina (Michel Gondry, 2015)Dois adolescentes franceses desajustados iniciam uma estranha e bonita amizade que mudará a vida de ambos. Juntos, os dois decidem iniciar, sem o consentimento de seus pais, uma jornada através do país em um pequenos automóvel construído por eles. O filme ganha a sua substância ao explorar os percalços e aventuras vividas por eles nessa jornada. ‘Micróbio e Gasolina’ consegue retratar de forma prazerosa as nuances da reta final da infância e início da adolescência, se valendo de dois personagens bastante envolventes e uma história bonita.

 

4º – Profissão: Ladrão (Michael Mann, 1981)O dia a dia de um ladrão especialista em furtar cofres é destrinchado pelo filme, com, além de sua profissão, seus dilemas existenciais também sendo estudados, como a necessidade de ter uma companheira, a ideia de felicidade exposta em uma sociedade tradicional que motiva vários de seus atos e sua forma transgressora de reger seu pensamento sobre o mundo. ‘Profissão – Ladrão’ é um belo filme, se valendo de uma direção formidável do ótimo Michael Mann, uma cinematografia irretocável, trilha sonora comedida e essencial para a história, uma trama inteligente e, claro, a atuação potente de James Caan.

Continua na Próxima Página