Top10: Dez Filmes Maravilhosos Que Fazem Uso de Cores Vibrantes

7º – Faça a Coisa Certa (Spike Lee, 1989)Em meio ao cenário escaldante do Brooklyn, no verão, acompanharemos o dia a dia de vários residentes de um bairro pobre, vislumbrando suas formas de consumar suas relações com o mundo. Obra-prima de Spike Lee, ‘Faça a Coisa Certa’ trabalha com as instâncias mais simples da vida, não fazendo concessões ao mostrar os dilemas dos personagens estudados, assim como eventuais prazeres e desprazeres em suas jornadas.

 

6º – A Fraternidade é Vermelha (Krzysztof Kieslowski, 1994)Na trama, uma jovem atropela o cachorro de um senhor de idade, iniciando uma estranha amizade com o homem após o evento. Obra-prima do cinema, ‘A Fraternidade é Vermelha’ explicita como a figura da amizade é importante para o compêndio humano no mundo, trazendo eventuais erros de nossa jornada no mundo e como é sempre mais fácil superá-los na companhia de outra pessoa.

 

5º – A Liberdade é Azul (Krzysztof Kieslowski, 1993)Após sofrer um acidente automobilístico e perder sua filha pequena e marido, uma mulher terá que superar o luto e reconstruir sua vida. ‘A Liberdade é Azul’ é um filme difícil, conceitualmente pesado, expondo como a figura do luto pode ser pesada a um indivíduo. Obra-prima de Krzysztof Kieslowski.

 

4º – O Grande Hotel Budapeste (Wes Anderson, 2014)O filme segue as nuances agitadas das vidas de um gerente e um empregado de um hotel, mostrando os eventos turbulentos que os dois passam durante a primeira metade do século XX. ‘O Grande Hotel Budapeste’ possui a tradicional atmosfera irresistível do cinema de Wes Anderson, com uma história fascinante e sempre dinâmica.

Continua na Próxima Página