50 Filmes Que Toda Pessoa Deveria Assistir Antes de Entrar na Faculdade

10º – A Teoria de Tudo (James Marsh, 2014)Exploraremos os momentos mais importantes da vida de Stephen Hawking, entendendo um pouco sobre sua forma de lidar com as limitações impostas pelo mundo, assim como veremos toda a sua genialidade. Biográfico, ‘A Teoria de Tudo’ foge daquela casta mais habitual do subgênero, trazendo uma história cheia de dinamicidade e com planos irretocáveis, possuindo como principal característica a transposição de um romance da vida de seu personagem central.

 

9º – Sociedade dos Poetas Mortos (Peter Weir, 1989)Um novo professor acaba alterando completamente a rotina dos alunos de uma escola conservadora, ensinando um novo modo de ver a vida a eles. ‘Sociedade dos Poetas Mortos’ mescla momentos alegres e tristes em seus 128 minutos de duração, norteando-se como um ótimo filme. Aqui, Robin Williams – comandando o personagem central do professor – tem uma atuação magistral, acrescentando muito ao filme.

 

8º – A Onda (Dennis Gansel, 2008)Na trama, um professor decide implementar um experimento social em seus alunos de ensino médio. No entanto, o que deveria unicamente provar um ponto, acaba resultando em acontecimentos extremos. ‘A Onda’ é um filme regular, mas com uma temática central potente e necessária. Sua inclusão nesta lista se deve por expor os riscos de lidar de forma pouco cuidadosa com a espécie humana, trazendo um compêndio negativo sobre a profissão.

 

7º – Gênio Indomável (Gus Van Sant, 1997)Um psicólogo é incumbido da missão de ajudar psicologicamente um jovem com uma capacidade intelectual impressionante, mostrando-lhe os meandros para lidar com seu comportamento exacerbado. ‘Gênio Indomável’ é uma obra interessante, que consegue ser dinâmica e, ao mesmo tempo, conceitualmente interessante na exposição dos temas abordados. Sua presença nesta lista se deve ao professor que descobre o talento único do protagonista da história, evidenciando espectros extremamente positivos sobre o cerne da profissão.

 

6º – Três é Demais (Wes Anderson, 1998)Acompanharemos o cotidiano estudantil de um adolescente completamente diferente do comum, vendo o jovem se apaixonar por uma professora, iniciar um amizade com um homem de meia-idade e, ainda, lidar com as nuances de sua relação com seu melhor amigo. Dirigido por Wes Anderson, ‘Três é Demais’ é uma comédia que consegue retratar as turbulências da adolescência, conseguindo atenuar os fatos mais rústicos da fase pela exposição suave de cenas.

Continua na Próxima Página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *