Será Que Você Tem Coragem? 50 Filmes Que Vão Bugar a Sua Mente

15º – O Duplo (Richard Ayoade, 2013)Envolto a uma rotina insossa de trabalhos burocráticos, um jovem tem sua rotina alterada quando um homem exatamente como ele aparece em sua vida. Baseado no romance de Fyodor Dostoevsky, ‘O Duplo’, elevando uma aura de suspense e melancolia a cada cena, expõe o processo de construção e desconstrução da identidade no ser humano.

 

14º – Cada um Vive Como Quer (Bob Rafelson, 1970)Acompanharemos o cotidiano de um jovem pertencente a uma família de classe alta que decidiu deixar tudo para trás e viver uma vida comum. Suas angústias, dilemas, seu modelo exacerbado de lidar com o aparato humano, suas amizades, seu relacionamento turbulento com sua namorada e sua visão sobre o trabalho são destrinchadas pelo filme durante os 98 minutos de projeção. Pérola do ano de 1970, ‘Cada um Vive Como Quer’ explicita como cada sujeito possui sua camada subjetiva bastante evidente que impede que aquela visão tradicional sobre a vida seja única e inalterável. A obra ainda expõe como poucas os dramas existenciais de um homem completamente sem rumo no mundo, e que sofre por essa falta de sentido. Seu final ousado, sem deixar de trabalhar com toda a aura de suavidade regida durante todo o resto da obra, coroa e faz que esta opção chegue bem próxima da alcunha de obra-prima. Ah, e como se tudo isso não fosse o bastante, ainda possuímos Jack Nicholson como protagonista em uma atuação comovente e extremamente visceral.

 

13º – Anomalisa (Duke Johnson, 2015)Um escritor de sucesso se encontra em um hotel para dar uma palestra. No lugar, o homem encontrará na figura de uma fã de seus livros a instância de um romance inesperado. No entanto, o vazio em sua vida acaba sendo maior que sua força para descobrir coisas novas. Uma das animações mais inteligentes dispostas pela sétima arte, ‘Anomalisa’ é forte, trazendo uma história que investiga todo o cerne patológico contido em nosso modelo de encarar a vida.

 

12º – Amnésia (Christopher Nolan, 2000)Após sua mulher ser assassinada e ele ser brutalmente espancado por um criminoso, um homem decide ir atrás de justiça com as próprias mãos, tendo como ponto de limitação um grave problema em sua memória de curto prazo. ‘Amnésia’ lida com o caráter do tempo na vida humana, mostrando uma visão otimista sobre a conceituação de um sentido para a nossa existência. Uma obra-prima de Christopher Nolan.

 

11º – O Silêncio do Lago (George Sluizer, 1988)Após sua namorada sumir inexplicavelmente de um posto de gasolina, um homem se vê completamente obcecado em descobrir o que acontecera com sua companheira. Suspense triste e pautado no desenvolvimento da vida para assustar o espectador, ‘O Silêncio do Lago’ é uma obra aterradora sobre as mais estranhas motivações humanas e a impossibilidade que nós temos de superar determinados fatos de nossa história.

Continua na Próxima Página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *