Top10: Dez Animações Que Vão Fazer Você Chorar

7º – Up: Altas Aventuras (Pete Docter, 2009)Após a morte de sua esposa, um senhor de idade inicia uma jornada através de vários lugares com sua casa equipada com balões, tendo como companhia improvável uma criança. ‘Up’ transcende o simples entretenimento, conseguindo explicitar ao espectador diversos conceitos positivos sobre o arco humano no mundo.

 

6º – O Rei Leão (Roger Allers, 1994)Em uma sociedade comandada por leões na selva, um rei é traído por um integrante de sua família, vindo a morrer de forma trágica. Agora, cabe ao seu filho tentar recuperar o brilho de outrora daquela comunidade. ‘O Rei Leão’ é uma animação sem muitos fragmentos de humor, pautada mais no senso de aventura que domina cada cena, conseguindo trabalhar com vários conceitos sobre a vida de forma leve e didática.

 

5º – Anomalisa (Duke Johnson, 2015)Um escritor de sucesso se encontra em um hotel para dar uma palestra. No lugar, o homem encontrará na figura de uma fã de seus livros a instância de um romance inesperado. No entanto, o vazio em sua vida acaba sendo maior que sua força para descobrir coisas novas. Uma das animações mais inteligentes dispostas pela sétima arte, ‘Anomalisa’ é forte, trazendo uma história que investiga todo o cerne patológico contido em nosso modelo de encarar a vida.

 

4º – Divertida Mente (Pete Docter, 2015)Propondo ao espectador uma história única, esta animação nos coloca para vivenciar vários fragmentos da vida de uma mulher, passando pela sua infância até sua adolescência. No entanto, a iniciativa única aqui é trazer esses fragmentos pelos olhos dos processos psicológicos da jovem. Simplificados, é claro, teremos acesso à Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojo, todas essas formas de emoção dando espaço para personificações em personagens caricatos. ‘Divertida Mente’ é uma animação que trabalha com o melhor que o mundo tem a oferecer a cada cena. Uma obra engraçada, bem feita e que, ainda, apresenta ao espectador de forma doce algumas inquietações de nossas vidas.

Continua na Próxima Página