Top10: Dez Filmes Mais Poéticos de Todos os Tempos

Listamos dez filmes poéticos maravilhosos para você conhecer nesta lista. Abaixo, está o que de melhor o cinema tem a oferecer quando falamos sobre o tema desta lista, com obras que, independentemente de seu gênero, elevam uma figura poética, seja por uma questão narrativa ou, propriamente, nos atos de seus personagens centrais, substancial para a qualidade final do que é proposto. Vamos à lista!

 

10º – O Espelho (Andrei Tarkovsky, 1975)Um homem em seus últimos dias de vida relembra eventos marcantes de sua infância, de sua mãe e fatos impactantes de sua jornada no mundo. O filme sofre de lapsos temporais durante toda sua projeção, variando entre diferentes épocas da vida do personagem. Obra-prima do cinema do russo Andrei Tarkovsky.

 

9º – O Segredo da Porta Fechada (Fritz Lang, 1947)Após o falecimento de seu irmão, uma jovem decide fazer uma viagem com uma amiga. Em meio a essa viagem, ela conhecerá e se apaixonará por um misterioso homem, vindo a se casar com ele pouco tempo depois. No entanto, nem tudo é como ela esperava, e o passado do homem e seus estranhos passatempos colocarão sua vida em perigo. Dirigido por Fritz Lang, ‘O Segredo da Porta Fechada’ eleva uma aura de mistério irresistível, optando por seguir uma linha narrativa poética na figura de sua personagem central que dá mais peso ao emaranhado de cenas. Grande opção do cinema da década de 1940.

 

8º – Solaris (Andrei Tarkovsky, 1971)Um psicólogo é enviado a uma estação espacial para investigar as razões que levaram um tripulação à loucura. Outro integrante da filmografia do russo Andrei Tarkovsky nesta lista, ‘Solaris’ se utiliza de poucos ambientes para reger sua trama, tentando colocar o espectador para vivenciar, junto com os personagens, toda a aura pouco aprazível e perigosa que rege aquela história.

Continua na Próxima Página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *