Top10: Dez Filmes Inteligentes Sobre a Complexidade da Mulher

Listamos dez filmes inteligentes sobre a complexidade feminina neste artigo. As opções incluídas nesta lista se utilizam de várias temáticas pontuais contundentes, como o cerne machista destrutivo, a importância do livre-arbítrio e do questionamento de valores sociais, a vida de grandes nomes do cinema, a vida em sociedades modernas pouco recompensadora e, também, a camada positiva contemporânea da juventude. Vamos à lista!

 

10º – Jeanne Dielman (Chantal Akerman, 1975)O dia a dia vazio e melancólico de uma dona de casa é destrinchado pelo filme, trazendo cada fragmento de sua rotina maçante e sempre repetitiva. ‘Jeanne Dielman’ é um filme que requer certa paciência e atenção do espectador em sua exibição. Para a plena absorção do conteúdo simbólico exposto pelo filme é necessário compreender a importância de cada gesto e hábito da personagem central. Um filme único e que denuncia um modelo machista social à época que delimitava o campo de atuação feminino.

 

9º – A Bela da Tarde (Luis Buñuel, 1967)Uma jovem esposa do alto escalão da sociedade decide passar suas tardes se prostituindo, descobrindo todo um novo sentido para a sua vida. ‘A Bela da Tarde’ questiona o sentido coletivo que atribuímos à vida, mostrando o quão subjetiva essa instância pode ser. Obra-prima de Luis Buñuel.

 

8º – O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (Jean-Pierre Jeunet, 2001)O filme explora a trajetória de uma jovem, desajustada de seu meio social, no mundo, mostrando todos os meandros que compreendem seu modo único de agir. Oriundo do ótimo cinema francês, o filme possui uma atmosfera que se vale de um modelo mágico para cada resolução de história, se fazendo sempre muito aprazível.

Continua na Próxima Página