Top10: Dez Filmes Que Toda Pessoa Desligada Vai Adorar

Listamos dez filmes que toda pessoa “desligada” vai se identificar. Abaixo, estão obras com personagens incríveis que seguem um padrão mais desajustado de atuar sobre o mundo, sempre envoltos a situações complexas e trabalhosas, mas que procuram inexoravelmente o caminho mais fácil de resolução delas. Os gêneros abordados são comédia e drama, com opções que abrangem desde a década de 1970 até a atualidade. Vamos à lista!

 

10º – O Grande Lebowski (Joel e Ethan Coen, 1998)Após ter sua casa invadida por dois criminosos por engano, um homem de meia-idade completamente desajustado decide ir atrás da pessoa que aqueles indivíduos procuravam para ele ressarci-lo do prejuízo, adentrando em uma confusão sem precedentes. Pertencente ao cinema dos irmãos Coen, ‘O Grande Lebowski’ trabalha com uma trama permeada por nuances distintas, se alterando a cada cena ultrapassada, entregando, como resultado final, um ótimo filme. No comando do personagem central, Jeff Bridges consegue a atuação de sua carreira, conseguindo ser hilário a cada plano em que está exposto.

 

9º – Simplesmente Amigas (Mike Leigh, 1997)Na trama, duas amigas se reencontram após vários anos, relembrando, juntas, vários dos fragmentos mais importantes do passado. Pertencente ao cinema de Mike Leigh, ‘Simplesmente Amigas’ possui uma atmosfera nostálgica e melancólica para o seu desencadear de cenas, trazendo as vidas de duas mulheres que têm que lidar com a chegada dos 30 anos.

 

8º – Construindo uma Carreira (Bryan Gordon, 1991)Pouco conhecido da década de 1990, ‘Construindo uma Carreira’ foi eternizado nas tardes brasileiras pela ‘Sessão da Tarde’. Aqui, veremos um jovem adulto, desajustado e incapaz de se manter em um emprego, que, após receber um ultimato de seu pai, consegue um trabalho noturno em um supermercado. Ganharemos dinamicidade na obra quando, logo em seu primeiro dia, o jovem tem que lidar com a estranha aparição de uma mulher atraente nas imediações do mercado e, ainda, sobreviver a um assalto. O filme é curto, restringido basicamente a um único cenário, mas que cumpre bem sua proposta descompromissada de mostrar algumas das inquietações de jovens em relação à vida adulta.

Continua na Próxima Página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *