Top10: Dez Filmes Que Toda Mulher Deveria Assistir Antes dos 30

Selecionamos dez filmes que toda mulher deveria assistir antes dos 30. Abaixo, estão obras que explicitam em suas tramas as características mais básicas do dia a dia feminino, seus prazeres e problemáticas em meio a uma sociedade ocidental tradicional. São filmes leves e que conseguem provocar uma sensação positiva no espectador aos seus términos. Vamos à lista!

 

10º – Tal Pai, Tal Filha (Lauren Miller Rogen, 2018)Depois de ser abandonada no altar por seu noivo, uma mulher na faixa dos trinta anos, envolta a uma obsessão inexorável por seu trabalho, acaba recebendo a visita de seu pai após várias décadas. Após uma noite de bebedeira com ele, ela acorda em um grande cruzeiro de férias que deveria ser a viagem de sua lua de mel. Juntos, pai e filha, aprenderão mais sobre a vida do outro, discutirão eventos do passado e, também, vão vislumbrar saídas para suas inquietações do presente. Comédia comum com uma aura motivacional, ‘Tal Pai, Tal Filha’ é aquele tradicional “feel good movie”, entregando ao espectador momentos extremamente divertidos e que jamais ficam forçados.

 

9º – Madame Bovary (Claude Chabrol, 1991)Baseado no romance fabuloso de Gustave Flaubert, o filme traz a trajetória exacerbada de uma jovem, explorando sua ânsia em crescer socialmente e seus romances intensos. Esta adaptação de ‘Madame Bovary’ talvez seja a melhor de todas na sétima arte. Claude Chabrol consegue capturar minimamente as nuances mais emblemáticas do livro, elevando uma atmosfera ímpar para o desenrolar de cenas.  No entanto, o maior ponto de distinção entre esta obra das demais é a presença de Isabelle Huppert como protagonista, entregando uma atuação irretocável e visceral da primeira à última cena.

 

8º – Closer (Mike Nichols, 2004)Diferente, a trama destrincha a rotina de dois casais distintos, unidos pela simples figura do acaso, com seus componentes encontrando a substância ausente em suas vidas nos indivíduos fora do arco de seu relacionamento. Pertencente ao cinema de Mike Nichols, este filme é irretocável do começo ao fim, com uma história que explicita as formas do amor se manifestar em uma sociedade contemporânea tradicional.

Continua na Próxima Página