Top10: Dez Bons Filmes com Finais Terríveis

Bom, na lista de hoje trouxemos uma temática um pouco mais polêmica, com indicações de dez filmes bons com finais horrorosos. São filmes que se desenvolvem para se tornar verdadeiras pérolas da sétima arte, nutrindo histórias poderosas e que tornam a missão de tirar os olhos da tela praticamente impossível. No entanto, como nem tudo é perfeito, tais obras sofrem com os mais diferentes problemas em suas cenas finais, trabalhando por destruir ou prejudicar bastante toda a proposta positiva exibida até aquele momento. Vamos à lista!

 

10º – O Segredo da Porta Fechada (Fritz Lang, 1947)Após o falecimento de seu irmão, uma jovem decide fazer uma viagem com uma amiga. Em meio a essa viagem, ela conhecerá e se apaixonará por um misterioso homem, vindo a se casar com ele pouco tempo depois. No entanto, nem tudo é como ela esperava, e o passado do homem e seus estranhos passatempos colocarão sua vida em perigo. Dirigido por Fritz Lang, ‘O Segredo da Porta Fechada’ eleva uma aura de mistério irresistível, optando por seguir uma linha narrativa poética na figura de sua personagem central que dá mais peso ao emaranhado de cenas. Grande opção do cinema da década de 1940. Aqui, o único erro da obra se concentra nos 5 minutos finais, quando há uma escolha extremamente equivocada de dar um final bonito e leve à história.

 

9º – Fragmentado (M. Night Shyamalan, 2016)Na trama, três adolescentes são sequestradas por um homem com transtorno de personalidade. Agora, cabe a elas tentar se salvarem e encontrar uma maneira de fugir do local. ‘Fragmentado’ é envolvente do começo ao fim, elevando uma história que se altera a cada cena superada, sempre prezando por impactar o espectador.

 

8º – Alta Tensão (Alexandre Aja, 2003)Ao visitar a casa de sua melhor amiga, localizada em uma pequena área rural da França, uma jovem se vê em uma situação pouco aprazível quando um serial killer invade a casa na madrugada, exterminando toda a família daquela amiga. Agora, cabe a ela sobreviver e, também, tentar manter sua amiga viva. Dono de uma tensão intermitente (assim como seu título indica), este filme é uma pérola do cinema de horror da início deste século. São 91 minutos de sustos e reviravoltas, com pequenas cenas memoráveis. Porém, longe de ser perfeito, o filme possui um dos finais mais patéticos de todo o gênero, diminuindo bastante do brilho do resto da obra.

Continua na Próxima Página