Top50: Cinquenta Mega Filmes Para Você Assistir Pelo Menos Uma Vez na Vida

5º – Sociedade dos Poetas Mortos (Peter Weir, 1989)Em uma escola rígida e com padrões conservadores, um novo professor irá questionar o sentido da vida encontrado em seus alunos. ‘Sociedade dos Poetas Mortos’ serve como uma espécie de terapia ao seu espectador, fornecendo aspectos positivos e negativos acerca da vida. Ótimo filme, ainda contando com a atuação positiva de Robin Williams à frente do personagem central.

 

4º – Uma Mente Brilhante (Ron Howard, 2001)Acompanharemos a vida de John Nash, um homem genial e atormentado. Veremos vários fragmentos da vida do homem, aprendendo um pouco sobre seus prazeres, sua profissão e sua indissociável paranoia. ‘Uma Mente Brilhante’ eleva sempre uma atmosfera de suspense acerca dos espectros psicológicos de seu personagem central. Um bom filme que mostra como a espécie humana se adapta a qualquer problema.

 

3º – A Felicidade Não Se Compra (Frank Capra, 1946)Um homem, desanimado com os caminhos de sua vida, recebe a visita de um anjo que lhe mostrará como seria a vida de seus amigos e familiares se ele não existisse. Protagonizado pelo lendário James Stewart, ‘A Felicidade Não Se Compra’ mostra o fator “deveniente” da vida humana.

 

2º – Cenas de um Casamento (Ingmar Bergman, 1975)Concebido, na verdade, em formato de minissérie, ‘Cenas de um Casamento’ explora vários anos da vida de um casal, evidenciando as formas de prazer encontradas pelos dois indivíduos, os eventuais sofrimentos da jornada humana no mundo e os diversos contratempos de um relacionamento. Obra única dentro da enorme filmografia de Ingmar Bergman, este filme eleva os debates, sempre de forma leve e despretensiosa, sobre diversos conceitos emanados em um relacionamento.

 

1º – Uma Mulher Sob Influência (John Cassavetes, 1974)Na grande obra-prima do cinema de John Cassavetes, veremos a luta de um marido em conservar sua família, mediante o adoecimento psicológico de sua mulher. Aqui, conseguiremos ver os passos de uma mulher para o completo estado de loucura. Um filme doce, concebido no tradicional estilo documental do diretor, conseguindo captar toda a beleza da trama e dos atores centrais. ‘Uma Mulher Sob Influência’ ainda possui uma das atuações mais potentes da história do cinema com a performance da atriz Gena Rowlands.