Top100: Cem Filmes Que Vão Mudar a Sua Vida e a Sua História

7º – Perdidos na Noite (John Schlesinger, 1969)Um jovem de uma cidade pequena decide tentar a vida em uma grande metrópole, esperando melhorar a qualidade de seu dia a dia e encontrar bons empregos. No entanto, a realidade do lugar se revela muito menos aprazível do que ele esperava. Agora, cabe a ele superar as dificuldades encontradas, contando com a ajuda de um vigarista frustrado. ‘Perdidos na Noite’ é triste por trazer de forma explicita o modo que o ser humano é abalado psicologicamente quando enfrenta uma frustração muito grande. No entanto, mais do que isso, mostra como nós conseguimos superar as mais diversas dificuldades quando resolvemos aderir à figura da camaradagem.

 

6º – Além da Linha Vermelha (Terrence Malick, 1998)O foco do filme, inspirado na biografia de James Jones, é revelar a vida, em meio a uma batalha durante a 2ª guerra mundial, de inúmeros combatentes de determinado exército. São expostos no longa os conflitos psicológicos encontrados por eles. Sejam eles quais forem, o brilho da história se encontra em não dar foco em conflitos de determinados personagens. Aqui, todos têm importância igual, desde um soldado confuso sobre seu papel no mundo, até um comandante com sua vida focada simplesmente na guerra, em vencê-la.

 

5º – Amor (Michael Haneke, 2012)Um senhor de idade tem que lidar com as alterações em sua vida após sua esposa ficar doente. Triste, ‘Amor’, obra dirigida pelo austríaco Michael Haneke, é irretocável do primeiro ao último minuto. Um filme que consegue captar como poucos os meandros do período final da vida, trazendo ao espectador uma história potente.

 

4º – Lawrence da Arábia (David Lean, 1962)O filme mostra a aventura de um oficial inglês na busca por conduzir uma tribo árabe ao combate dos turcos em meio à 1ª Guerra Mundial. As mais de três horas enfrentadas pelo espectador são recompensadoras a cada minuto superado.

 

3º – A Noite Americana (François Truffaut, 1973)Exploraremos o cotidiano turbulento dos membros de uma equipe de produção de cinema em um novo projeto, vislumbrando a loucura que compreende cada passo naquele lugar. Obra-prima de François Truffaut, ‘A Noite Americana’ expõe os bastidores de uma produção cinematográfica de forma leve e engraçada, ganhando sua substância exatamente ao mostrar cada detalhe presente nos passos de todos os envolvidos.

 

2º – Morangos Silvestres (Ingmar Bergman, 1957)Um senhor de idade tem que sair de sua casa para ver um evento no qual o filho participará. No caminho para o lugar, na companhia de sua nora, o homem tem que lidar com uma viagem pelos meandros de sua vida, seu passado, vindo a iniciar uma relação catártica entre seus pensamentos e o mundo. Impactante pela densidade do que é exposto, o filme é um estudo sobre os laços erráticos do ser humano em relação à vida. ‘Morangos Silvestres’ talvez seja o filme que mais detalhe os conceitos tradicionais da filmografia de Bergman, como vida, morte, religião, laços familiares corrompidos e o vazio existencial.

 

1º – Fanny e Alexander (Ingmar Bergman, 1982)Exploraremos as vidas de duas crianças, entendendo seus cotidianos e as sempre difíceis situações a que são expostos. Obra-prima de Ingmar Bergman, que concilia, nas mais de três horas de filme, diferentes momentos e sensações emitidos por sua trama ao espectador.